quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Salve salve o nosso dia a dia. Que venha 2009!

Queridos leitores,

Primeiramente quero agradecer pelo convívio, pela consideração da leitura, pelos comentários postados e pelos comentários não postados, pois, sei que muitos tiveram até vontade de postar, mas no fim ficou em sua mente ;)

Dizer que 2008 foi um ano de muitas transformações deste ser que vos escreve.

  • Começou o ano como faixa amarela no aikido e terminou como faixa verde (entrando para a maioridade hehehehehe a única diferença é que vou apanhar muito mais);
  • Começou o ano com muitas dúvidas mas terminou resoluta, segura e com novos projetos para 2009;
  • Tinha uns quilos a mais, comia o que não devia e termina o ano com menos quilos, consciente de seu corpo e de sua alimentação, comprou o juicer da walita e faz maravilhosos sucos de beterraba com laranja, pepino, maçã e gengibre;
  • Termina o ano mais experiente, mais consciente, mais focada e preparada para entrar em 2009 e continuar o que começou este ano;
  • Termina o ano feliz por ter conhecido tantas pessoas tão maravilhosas (pessoalmente e virtualmente) e feliz por saber que conhecerá mais no novo ano que entra;
  • Termina o ano feliz por continuar com as pessoas já conhecidas, entretanto, com o relacionamento mais fortalecido pela amizade;
  • Termina o ano com muitos planos realizados e muitos planos para 2009 ;)
Salve 2008, salve 2007, salve 2006... Que o passado nos ensine sempre!

Salve 2008, salve 2009, salve 2010... Que o futuro seja um lindo presente!

Salve HOJE! O dia a dia, o minuto, o segundo que ocorre. É o nosso maior presente! VIVER!!!

A todos um MUITO OBRIGADA por permitir trocar tantas experiências e por permitir que eu seja um instrumento na vida de vocês.

Desejo a todos muito AMOR em suas vidas, que ele aflore em todos os sentidos, em todos os campos e em todos os seres!

Namastê

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

A arte de servir

Se pararmos para pensar nisso, veremos que todos nós servimos e somos servidos, entretanto, a maioria sabe servir?

Para servir é necessário ter humildade, ter o ego baixo (ideal é ser nulo, mas somos seres humanos, então, vamos caminhar para isso), não ter a expectativa de receber algo em troca (mesmo que seja um simples obrigado), se pensarem bem é tudo aquilo que eu tenho dito ultimamente ;)

Infelizmente a maioria encara o "servir" como algo humilhante, pois muitos seres não sabem ser servidos e acabam maltratando aquele que só quer fazer um bom trabalho. Acham que aqueles que servem estão lá para tratá-los como rei. A maioria são pessoas de EGOS elevadíssimos e que não conseguem ver nada mais além que seus próprios umbigos.

Entretanto, servir está para qualquer um, até mesmo para um presidente de uma empresa. O que seria deste presidente sem os consumidores? Todo mundo depende de todo mundo e a vida seria muito mais leve e agradável se todos pudessem "servir" pelo simples prazer de servir, servir com o coração.

Os verdadeiros mestres sabem "servir", pois não possuem elevados EGOS e sabem ser humildes, sem serem piegas. São modestos e possuem a consciência que o servir faz parte de sua jornada. Chamar a atenção de seu aluno é diferente de não saber servir, pois tudo tem um jeito de ensinar. Ensinar, passar o conhecimento, é uma forma de servir. O professor pratica o "sacrifício" como uma forma de passar o conhecimento, esse sacrifício é tornar algo sagrado para um bem maior.

Em meu trabalho, sou uma "servidora", pois, estou lá para servir aquele que me procura e não é porque ele está me pagando, mas é porque eu escolhi esse caminho de servir e o faço de coração. Nós escolhemos nossos caminhos.

Se pararmo para pensar, qualquer profissão está ligada ao serviço, todos nós serviremos em algum momento e é ai que é preciso ter cuidado para não tropeçar no próprio EGO, no orgulho e nas expectativas.

Servir é uma arte, assim com a pintura, a arte marcial a arte em si. É preciso tempo para aprender a servir, às vezes uma vida toda.

Yogui Bhajan diz: "Se você não vê Deus em tudo, você não O verá no todo".

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

O caminho é só, mas você não esta só

Você já deve ter se deparado com obstáculos em sua vida certo?

Normal, faz parte de sua vida, afinal estamos vivos e nos desenvolvendo. Faz parte de seu caminho VIVER.

Entretanto, você já se sentiu só? Como se todos estivessem contra você, que ninguém o apóia em suas decisões e que você está completamente sozinho nesta trilha. Pois bem, digo que muitas vezes em que se sentiu só, foi algo de sua mente, pois nem sempre um "não" quer dizer que as pessoas o estão abandonando e muitos "sim" pode ser a sua ruína. É duro chegar a esse ponto de análise. Muitas vezes nem percebemos isso e ficamos acuados e tristes. É o que eu sempre digo, as coisas podem parecer terríveis durante o percurso, mas se ainda está ruim é porque não chegou no final. Na maioria das vezes não entendemos porque certas coisas e atitudes de outros acontecem, mas lá na frente faz todo o sentido.

O mais importante é não se sentir só, pois nós só estaremos sós por nossas escolhas, só se quiser MESMO, do tipo se isolar de tudo e de todos, daí não tem jeito mesmo. As pessoas se afastam, pois não querem incomodar, mas saiba que se você resolver conectar-se as pessoas estarão lá de braços abertos. Ninguém é feliz sozinho, por completo.

Muitas vezes encontramos nossos queridos amigos em situações que a única forma de ajudar é se afastar ou dizer "não", é duro, dói, mas é a única forma de fazer com que eles acordem sem machucar a amizade. Como o ser humano é complexo...

O caminho é só e o roteiro é individual, entretanto nunca estamos sós. Devemos caminhar sempre um ao lado do outro e nunca na frente ou atrás. Do lado e se possível de mãos dadas ;)

Boa caminhada!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Tempestade em um copo de pinga

Olá caros leitores, sim, é isso mesmo. A sua amiga quem vos fala também faz tempestades e dessa vez foi em um copo de pinga! Para a maioria que não me conhece, imaginam uma pessoa super ZEN, que não tem problemas... mas quem é que não tem problemas nessa vida?

Essa tempestade surgiu devido a muitos treinos (fiz o exame para a faixa verde e PASSEI!), muitas noites de sono mal dormidas, manter a energia para poder atender bem (graças a Deus quando eu atendo meu foco muda e sou outra pessoa), monografia para fazer, jobs de cartão de natal (sim, ainda sou designer gráfico - nas horas vagas), tudo junto, nem precisa dizer que gerou stress. Enfim, o momento crítico chegou, a gota d´agua pingou no pequeno copo de pinga e EXPLODI. Em meio a um treino - o último para depois fazer o exame e cair na folia - foi me pedido uma técnica que não fazia parte de meu exame, SURTEI, na hora me deu vontade de sair, de não treinar mais, mas segurei a onda e fui até o fim. Descontei na pessoa mais próxima a mim, o meu companheiro, que não merecia. Mas sempre é assim, descontamos naqueles que estão mais próximos a nós, aqueles que amamos, pois sabemos que por amor eles também irão nos perdoar. Mas não está certo, uma hora o copinho deles também pode encher, daí guenta. No dia seguinte eu ri de mim mesma e me veio a expressão: Fiz uma tempestade em um copo de PINGA! Porque foi tão ridículo e desnecessário ter feito toda aquela cena, mas é o lance do stress... Cuidado...

Isso para alertar a todos que a mente humana é algo extraordinário, uma hora ela pode te colocar lá no topo, mas em poucos segundos te destruir e com isso deixar seu rastro de destruição nos seres que cruzarem o seu caminho. Sei que é impossível ser ZEN a todo momento, é só pegar a 23 de maio no horário de pico, aliás, saia de carro na sexta-feira em qualquer horário para qualquer lugar de São Paulo, pronto, tá resolvido, stress, principalmente se você perdeu seu tempo esperando seu micro ligar porque o Windows Vista resolveu atualizar e não quis saber de seus problemas. É preciso limpar a mente, pois a mesma também produz "porcaria", é preciso liberar espaço para os bons pensamentos e para as ótimas soluções. Já reparou como a gente fica na "masturbação mental" e não sai do lugar? Ás vezes é bom ter seu momento de fúria e de suas tempestades para depois cair na real e prosseguir.

Não digo que sou a favor das tempestades, mas que elas podem sim ser um sinalizador de que algo não está bom. O mais importante é reconhecermos quando elas aparecem, consertar o que foi quebrado e seguir em frente. O que foi feito, não terá mais volta, mas todos nós podemos mudar o percurso a qualquer momento.

Depois de uma boa tempestade sempre terá um ótimo e lindo dia de sol! Iluminem-se!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

A sutileza do ser bruto

Tem um texto interessante de Yogui Bhajan que diz o seguinte:

"Quando a pessoa começa a estudar e aprender qualquer coisa, deve continuar aprofundando-se e praticar. Não ficar apenas na superfície. Se começar muitas coisas de uma vez e não se chegar nunca ao final, não se domina nenhum tema e a pessoa sempre fica nas preliminares. Este não é o caminho para se chegar a ser mestre e ao conhecimento e a sutileza real.

Que tenha um sistema, que viva e que respire tudo aquilo em que a pessoa está envolvida, qualquer coisa que faça, que procure integrar quase a nível visceral. Assim, pode chegar a compreender que em tudo, seja o que for, por mais insignificante que pareça tem escondido a sua arte. Esta arte é a que freqüentemente não se chega a captar, precisamente por sua sutileza."

Ser sutil é algo que leva tempo, pois desde os primórdios somos primatas e a primeira reação é ser bruto(a). Bem, todo diamante quando é econtrado se encontra na forma bruta para depois ser lapidado e transformar-se nessa sutiliza de beleza que é.

Tudo o que começamos, seja o que for, desde um estudo, uma prática esportiva, alguma arte (marcial, pintura, decoração), possui a fase inicial que é a superficial e com o tempo vamos nos aprofundando para um dia chegarmos a essa sutileza que tanto almejamos, assim é com o auto-conhecimento. Conhecer a si mesmo é a viagem mais profunda e visceral que um ser pode querer embarcar.

Boa viagem

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Não Vista essa causa!

Hoje vou desviar um pouco o caminho, mas vocês entenderão no final.

Quem vai me entender são os usuários do famoso, mega blaster, badalado VISTA Home, Basic, Premiun, Professional e caral... a quatro.

Por que esta fúria?

Queridos leitores, vocês sabem que esse blog é destinado para uma vida mais simples, certo? Que devemos sempre deixar fluir e que as coisas tomem seu rumo. Mas quando a tecnologia, que a princípio deveria vir para simplificar nossa vida, mais atrapalha que ajuda?

Simples, para quem não tem o VISTA (inteligente e sortudo do caramba) e ainda usa o XP, peloamordedeus, não troque, fique onde está. Não sabe que esse menininho fica pedindo a todo momento atualizações intermináveis e toda vez que vai reiniciar ou encerrar demora horas! Confesso que o Vista é mais bonito, parrudão, mas desnecessário. Pra quê eu quero uma interface que faz acrobacias que nem uso? Na boa se eu fiz isso, dá pra contar nos dedos de uma mão. É o lance de complicar a vida e querer inserir para nós seres humanos, que só queremos viver a nossa vida, mais problemas. Outra coisa, ele roda muito melhor com a memória de 2GB, muita sacanagem vender um PC ou Note com 1 GB e inserir o VISTA. Quem faz isso não deve ter amor ao próximo, vamos ser irmãos!

Vocês já ouviram falar em propaganda enganosa? Claro que sim, ou vocês ainda acreditam em Papai Noel? Pois bem, o VISTA é a maior sacanagem que criaram até agora e como eu sou sincera, seguem algumas idéias de uma propaganda verdadeira:

Está com a vida tranqüila? Então compre o Vista e complique a sua vida.
Quer ser menos Zen? Tá esperando o quê? Compre o Vista!
Seja Vista e faça "vista cega"
A melhor de todas: Sonhe com Apple e tenha pesadelos com Vista.

Tudo isso pra dizer que nós seres humanos devemos perder menos tempo na frente desses computadores e viver mais a vida, conectarmos com pessoas e não virtualmente, e deixar o Vista de lado só porque ele precisa ficar se atualizando. Atualize a sua vida! Seja mais feliz! Sem o Vista é claro.

P.S. Eu ainda tenho o Vista, mas sonho com o Apple, quem sabe um dia?

O elogio ao elogio

Vocês já pararam para pensar que é muito mais fácil aceitar um desaforo que um elogio?

Qual a sua reação quando o elogiam?

Pode ter certeza que primeiro vem a vergonha, o constrangimento e depois ficamos assim com aquela cara de "bunda mole". O elogio te desmonta, estamos tão acostumados a levar porrada que na hora que vem um afago não sabemos nem onde colocar as mãos.

Principalmente se esse elogio vier de seu chefe, com os colegas todos em cima de você. Dá pra sentir aquela energia de inveja, aquela coisa que parece que te suga e você simplesmente some, desaparece. Ou no automático você já diz que o fulano também te ajudou e por ai vai... Para quê serviu o elogio então? É claro que tem aquelas figuras egocêntricas que ao receber um elogio estufa o peito e só falta gritar para os quatro ventos, mas não é o seu caso.

Quer aprender um truque? Se é assim que podemos chamar de uma forma coerente de receber um elogio. Sempre que alguém lhe fizer um elogio, não precisa ficar envergonhado, simplesmente AGRADEÇA. E continue a tocar a sua vida. Porque é muito bom ser elogiado, é sinal que estamos fazendo algo de certo, porém cuidado para não inflar o EGO - ah o famoso ego... Pois é, para não ficarmos como o nosso amigo egocêntrico que ninguém aguenta, e pensar que a vida não tem mais sentido se as pessoas não perceberem mais o que você tem feito. Cuidado, não seja dependente do elogio. Não fique esperando que os outros irão reparar ou o elogiarão por algo feito. Sem expectativas, sempre.

Um exemplo: você corta o cabelo, e NINGUÉM repara, você espera no mínimo algo do tipo: Nossa, você cortou o cabelo, ficou mais jovem... essas coisas. Frustração total. Agora veja por outro lado, você não fez nada, simplesmente está se sentindo radiante e feliz e do nada alguém diz: Você cortou o cabelo? Não. Você fez algo diferente? Não. Nossa, você está tão radiante! Tem coisa melhor? É por isso que eu sempre digo, sem expectativas, deixe fluir.

Cuidado também com os falsos elogios, do tipo: Nossa que roupa linda! Onde você comprou? (No fundo a pessoa quer dizer: conte-me onde comprou para que eu nunca pise naquele lugar) Ui que veneno, mas pessoas assim existem, fazer o quê. Agradeça da mesma forma, doer não vai e como diz um velho ditado: Gosto não se discute, se lamenta ;)

Quando for elogiado, aceite e seja feliz! Sem medo, sem vergonha, simplesmente agradeça! Só não se deixe levar ao ponto de tirar o foco. O elogio é algo poderoso! Saibamos lidar com isso!

Você é bom mesmo e dai?