quarta-feira, 28 de maio de 2008

Por que gritamos???

Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta aos seus discípulos: 'Por que é que as pessoas gritam quando estão aborrecidas? ''Gritamos porque perdemos a calma', disse um deles. 'Mas, por que motivo gritar quando a outra pessoa está ao seu lado? 'Questionou novamente o pensador. 'Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça', retrucououtro discípulo. E o mestre volta a perguntar: 'Então não é possível falar-lhe em voz baixa?'

Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador. Então ele esclareceu: 'Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido? 'O facto é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, os seus corações afastam-se muito. Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente. Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para se ouvirem um ao outro, através da grande distância. Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão apaixonadas ou quando sentem um grande afecto por alguém? Elas não gritam. Falam suavemente. E porquê? Porque os seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. Às vezes os seus corações estão tão próximos, que nem falam, somente sussurram. E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer de sussurrar, apenas se olham, e basta. Os seus corações entendem-se.
É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas. 'Por fim, o pensador conclui, dizendo: 'Quando vocês discutirem, não deixem que os vossos corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que adistância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta'.
Mahatma Gandhi

terça-feira, 20 de maio de 2008

Recomeçar

Recomeço esse blog, depois de meses sem escrever, com uma idéia diferente. Hoje quero escrever de tudo e será um mix de tudo o que eu tenho passado e vivido, será um mix de diário, textos extraídos de autores interessantes, imagens... enfim... tudo o que eu achar interessante. Espero que curtam e se quiserem mande sua opinião.

Hoje começo com uma reportagem interessantíssima sobre "Um alívio para a dor." Reportagem da revista Seleções de abril 2008. Veja a imagem em anexo.

Confira o texto:

"Você sente dor? Que tal uma massagem? Elas são agradáveis e também podem ser um tratamento eficaz, de acordo com um estudo com 605 pessoas. Os pacientes que faziam uma massagem diária de 20 minutos (além de tomar medicamentos) após passar por uma cirurgia sentiam menos dor do que os que só tomavam remédios e passavam 20 minutos conversando com alguém.
Outros benefícios:
- Diminuem a depressão, a ansiedade, as náuseas, a fadiga e outros sintomas de quem tem câncer.
- Acalmam as crianças. Um estudo feito com crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade mostrou que as que receberam massagens de 20 minutos duas vezes por semana durante um mês começaram a se comportar melhor na escola.
- Melhoram dores de cabeça."

Box amarelo:
"Você sabia?
Massagens são tã poderosas na dor quanto a morfina.

Dr. Daniel Hinshaw."

Então o que vocês estão esperando?

Rita Abematsu (Shiatsu terapia e Massagem Relaxante Anti-stress)