segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Brincar de viver

Esse título peguei do e-mail de uma amigona, mas vale para todos nós. Pois qual foi a última vez que você brincou? Se deu a honra de ser um pouco criança, de fazer palhaçadas, de rir até fazer xixi nas calças?

A vida tem as suas obrigações, mas não é preciso ser tão sério sempre. Sorrir é um santo remédio, viver a vida e não deixar que ela passe por você é primordial. Viver no mundo e não para o mundo, com todo esse consumismo, gula, insatisfação pessoal, profissional... Não há saúde física e mental que aguente a toda essa carga de energia pesada e negativa.

Saiba transformar as energias a seu favor. Tudo o que lhe acontece de ruim, transforme-a para algo divino. Um exemplo, se alguém lhe faz algo de mal, transforme-a em algo bom, desconte no treino físico, se você fizer box tailandês (por exemplo), imagine essa pessoa lá e meta o cacete! Você sairá levinho levinho... vai por mim, funciona! Eu treino artes marciais e confesso que tem me feito muito bem :D É claro que nem sempre preciso descontar no tatami, mas de qualquer forma é bom para liberar todas as toxinas que você adquire durante o dia e a semana. O mais bacana é depois rir de tudo isso e ver que o que aconteceu foi algo tão banal, mas que no momento foi algo que te deixou P.... da cara. Isso serve para vermos como somos pequenos diante a tudo o que ocorre e que no final somos todos iguais, com nossos anseios, desejos, frustrações, mas principalmente alegrias. No fim, a gente tem que agradecer para esses acontecimentos ruins, pois, se não fossem eles a vida seria muito chata e sem graça. A ENERGIA tem que circular!!!

Transforme as energias, o que vier de áspero, rude, grosseiro devolva com flores! É duro, mas um grande aprendizado.

É brincar de viver, tipo: não dê importância para aquilo que não merece. Pois a vida é uma só perante a tudo aquilo que queremos fazer, então se for para escolher, escolha sempre BRINCAR DE VIVER!!!

Um grande beijo a todos.

Nenhum comentário: