terça-feira, 4 de setembro de 2007

Viver!

Hoje quando eu estava indo ao trabalho, vi um casal de velhinhos animados e de bem com a vida. Duas pessoas de São Bernardo que quase não vem pra cidade (foi assim que eles me falaram), eles iram descer na estação saúde e desde a vila mariana eles falavam um para o outro: - É a estação saude? Eu respondia, ainda não... de novo: - É a estação saude? e daí puxamos uma prosa. A alegria deles, a troca de carinho, tudo muito animado e feliz. Eles conversavam um com o outro, entreolhavam-se, riam... Faz a gente parar pra pensar e ver que tudo tem jeito nessa vida. Eles sabem viver! A gente que vive nessa correria, esquece de olhar para o colega de trabalho e dizer bom dia. Esquece que no meio dessa turbulência existem pessoas em volta e que todos nós necessitamos de uma palavra amiga, de um olhar ameno ou de um simples "oi", entretanto sincero e dado de coração. A gente precisa aprender com a simplicidade a melhor maneira de viver! Um ótimo dia a todos! (dado de coração)

2 comentários:

Alan disse...

Olá Rita, ando meio sumido dos treinos devido a alguns problemas de saúde (Estou tratando uma bronquite que já me aflige a umas três semanas) mas ainda me mantenho atualizado com os recados e me identifiquei com esse texto, quando eu comecei na Faculdade de Direito eu costumava sempre conversar com a pessoa sentada ao meu lado no Metrô... era bom mas não sei porque isso foi parando, talvez pela correria ou um certo desânimo que tornam a viagem mecânica, algo quase automático.. quando se faz algo pela primeira vez ou que se faz pouco é muito fácil se encantar, mas o difícil é se encantar com as coisas simples e corriqueiras... É um dos motivos pelos quais algum dia eu ainda pretendo instituir (Quando eu realmente puder aprender o que é) a cerimônia do chá no meu quotidiano, pois é um treino para apreciar as coisas simples e difíceis de notar na nossa vida.

Tatiana Karpovas disse...

Rita!
Esse texto é ótimo. Todos nós devemos prestar atenção aos mais velhos...
Aproveito para desejar boa sorte com o blog. Sucesso!
Beijos,
Tati